Daniela Dytz - Fotografia de famílias

"Nunca é tarde demais para
ser aquilo que você
deveria ter sido"

George Elliot


Este é meu blog pessoal, onde publico meu trabalho,
conto um pouquinho sobre cada sessão fotográfica e outras coisinhas a mais ;)

Para me conhecer, acesse a guia "Quem sou eu".
Para me encontrar, clique em "Contatos".
Ou dê uma passadinha lá no site oficial, acessando a guia "Site".



terça-feira, 22 de novembro de 2011

6 meses de muita bagunça

Hoje, dia 22 de novembro, o Theodoro completa seis meses de vida.

É incrível como a noção de tempo é relativa... os primeiros dias na UTIneo foram looooongos, nos primeiros cansativos meses alguns dias demoram a passar... mas, hoje, fazendo um apanhado geral, percebo que são SÓ seis meses. Seis meses de muita dedicação, muitos aprendizados, muitas surpresas e, acima de tudo muito, muito amor.

Nosso bebezinho dobrou seu peso, cresceu mais de 25 centímetros, passou de fraldas RN para M (hehe), fica horas acordado, já rola para os lados, estica os bracinhos pedindo colo, sabe dar abraços. É, o Theo é um serzinho tão esperto, tão pequeno, com tão pouco tempo aqui no mundo exterior, mas que já percebeu o mais importante: nosso amor incondicional por ele.

Seria óbvio falar das mudanças que a chegada de um bebê trazem para nossa casa. Tudo tem que ser adaptado ao novo membro da família, da alimentação da mamãe (pra não dar cólica no baby) até os horários de sono (poucos e preciosos). Sei que muita gente diz que o bebê tem que se adaptar ao ritmo da família e não o contrário. Mas eu não concordo. Ou melhor, não consigo. Me arrepio só de pensar em estar fora de casa de noite, bagunçando a rotina do Theo. Ultimamente meu maior desejo (eu, Daniela mulher, não Daniela mãedoTheodoro) é sair para jantar com o maridão. Juro. Talvez com a ajuda da minha mãe a gente consiga fazer isso essa semana.

Sábado de noite, na primeira tentativa de um programa à dois pós parto, saímos para ir ao cinema. Após muita preparação, é lógico. Deixar leite pro bebê, dar banho mais cedo, colocar pra dormir etc etc etc. Para encurtar a história, chegamos no cinema em cima da hora da sessão e a fila pra comprar ingressos (para outro filme) alcançava os corredores do shopping. Missão abortada. Fiquei frustrada, claro. Mas, como bem disse o Pita, agora somos pais, isso faz parte.

E faz parte mesmo, assim como muitas noites mal dormidas, choros, cólicas, fraldas sujas. Mas a contraprestação é fantástica. Acordar de manhã e ir até o berço do teu bebezinho só para vê-lo abrir o sorriso banguela mais lindo do mundo, não tem preço. Apaga da memória qualquer resquício de sacrifício.

Assim, babando como sempre, e para comemorar estes 6 meses de vida, deixo as fotos do meu gatinho sendo afofado pelos avós e bem faceiro tocando piano.

AMO MUITO!!!!






10 comentários:

Valéria Lopes disse...

Meus parabéns para o Théo pelos seus 6 meses de vida e pra ti Dani, pois admiro esta dedicação e este teu amor imenso que tens demostrado fazendo com que seja apreciada como o ser-humano que é! Felicidades e um grande beijo para os avòs mais charmosos que conheço !

Marli Olante disse...

O tempo passa rápido mesmo. Por isso aproveite cada segundo porque vai chegar um dia que vc vai sentir saudades da inocência e da simplicidade desta fase mágica...bjs pra vocês!

Vanessa Tanaka disse...

Ain que lindão o Théo!!! Juízo desde já pra esse gatinho, pra não dá tanto trabalho e ciúmes pra essa mamãe coruja!!! rs Muita saúde e bençãos....

Dani Dytz disse...

Valéria, muito obrigada pelas belas palavras. Volte sempre aqui ao C'est la Vie!

Dani Dytz disse...

Tia Marli, estamos mesmo aproveitando cada momento. Passa tão rápido, né?!

Dani Dytz disse...

Ai Vanessa, nem me fala, já pensou, tu cria com amor, carinho e vem uma cabeluda e leve ele embora? Socorro hahaha. Beijão guria

Anônimo disse...

êee Mãezonaaa...
Eita orgulho de ti!

Te Amo! Pat! :D

Luciane Bezerra disse...

Que lindo! O amor exige sacrifício e te faz crescer. Tá plantando amor? Vai colher muito amor. Parabéns pra vcs! Bjo

Dani Dytz disse...

Pat, obrigada querida. Morrendo de saudades de ti...
Bj

Dani Dytz disse...

Lu, Deus te ouça. Com certeza tô fazendo meu melhor, procurando cercar meu filhote de todo amor que há dentro de mim (e olha que é muito hehe).
Beijo